Fim do Volume 2

Terminou nesse final de semana as ultimas paginas de exercícios e ritmos do livro Pandeiro Brasileiro Volume 2.

Alem dos execícios e ritmos apresentados, o livro possui dois estudos para dois pandeiros com variações de formula de compasso, alem de uma peça solo e um duo.

Daqui alguns dias será postado uma peça do terceiro livro, “Estudos e Peças para Pandeiro Brasileiro”, livro exclusivo de composições e estudos feitos especialmente para um até quatro pandeiros.

E tambem alem disso entra em breve as aulas do novo livro Tambores do Brasil para instrumentos de samba e percussão multipla e a venda do mesmo.

Obrigado e abraço a todos.

Anúncios

2 ou 4 baquetas, o difícil começo no mundo dos teclados de percussão.

Quando iniciei os estudos de teclado de percussão (xilofone, marimba e vibrafone) com 2 baquetas, lembro do sufoco que foi sair das grandes e largas peles para as pequenas e estreitas teclas.
Muitas vezes foi desanimador, parecia tão difícil acertar a nota certa, pois, ora acontecia de tocar na tecla errada, outras tantas um simples raspar nas teclas vizinhas ou simplesmente minha leitura que era deficiente mesmo.
Bem, mais o tempo passou e o que era ruim ficou ainda pior, com o advento das 4 baquetas, e na minha época de universidade ainda não tinhamos a técnica do Stevens, ou estudávamos a  tradicional de 4 baquetas ou a do Gary Burton.
Bem, mas aonde quero chegar depois de expor toda minha penúria com os teclados, a questão é: ” Como devemos iniciar os estudos de teclado, com 2 baquetas ou partir logo de cara para as 4 baquetas”, visto que todos os exercícios que fazemos com 2 baquetas (escalas e arpejos principalmente) deverá ser feito com as 4.

Será que ganhamos tempo começando com as 4 baquetas ou é realmente necessário o inicio natural e gradativo com as 2 baquetas.

Reflita, comente de sua Opinião

Ser especialista, é o melhor caminho?

Às vezes percebemos que a dúvida do percussionista, devido a grande quantidade de instrumentos que temos no naipe da percussão é: Tornar-se especialista no pandeiro, é a melhor saída para trabalhar em nível de “Top de Linha”.

Como todos sabemos (a gente desconfiava, mais só foi ter certeza com o tempo), o Pandeiro é bem mais complicado do que aparenta.

Precisa de uma técnica apurada e para tanto, precisamos de horas de estudo diárias, meses de ensaio para aprimoramento e anos de apresentações em diversos grupos e condições distintas, desde: tocarmos os ritmos mais usualmente praticados no pandeiro ou mesmo “levadas inovadoras” que constantemente surgem na música brasileira, e deverás temos que estar quebrando a cabeça para encaixar uma batida apropriada.

Ou será que por exemplo: Estudar outros instrumentos de percussão como a caixa, instrumento de técnica refinada, também pode ajudar e influenciar numa melhor performance com o Pandeiro.

Dai vem nosso questionamento: Qual caminho o percussionista deve escolher para estar entre os grandes pandeiristas desse país, a especialização ou a diversificação?

Pense, comente de sua opinião!

Ler partitura amplia os saberes sobre música?

Até pouco tempo atrás, as notas musicais eram quase que um tabu para o percussionista popular, a informação e o conhecimento, vinham quase que exclusivamente através da observação dos percussionistas profissionais, ou das aulas quando tentávamos imitar as mãos do professor e suas batidas.

Muitos de nós se vangloriávamos disso, adquirir o conhecimento apenas através da sua pratica e dotes naturais, era a prova da capacidade de tocar sem precisar de toda a erudição necessária, que músicos de outros naipes buscavam adquirir, para melhorar sua pratica.

Com as partituras para percussão, será que isso mudou para melhor? Elas realmente podem ajudar a obter o conhecimento e melhorar nossas performances?

A grande quantidade de métodos e livros para percussão aposta nisso, pois pretendem ampliar o conhecimento para que através dos livros, e das  notas musicais, o percussionista alcance uma melhor técnica e consequentemente uma performance mais elaborada em sua vida profissional.

O que voce acha?

Comente e de sua opinão!!!